Tempo livre


A rotina de um adulto é cheia de tarefas e compromissos com trabalho, casa, filhos, família, saúde e uma infinidade de responsabilidades. Esta é a vida da maioria dos adultos dos grandes centros urbanos, mas não é, e nem deve ser a vida de uma criança.

Nesta agitação e correria está a criança, que ocupa-se conhecendo o mundo, observando, explorando e experimentando a vida no seu tempo que é muito peculiar. O tempo da criança não é o tempo do adulto.

A criança precisa de tempo livre para viver, tempo para fazer suas escolhas, tempo para apreciar e tempo de liberdade.

Os adultos agitados e ocupados tendem a angustiar-se com o ritmo infantil, querem lhe oferecer tarefas, atividades, entretenimentos, distração, esportes e falta tempo para o ócio.

Na rotina da escola nos preocupamos com este contexto, organizamos nossa rotina proporcionando às crianças diariamente o tempo livre, o ócio. E convidamos as famílias e os demais interessados na infância a refletir sobre o assunto e desacelerar a infância.

O ócio promove vivencias plenas, calmas e significativas, respeitando o interesse, habilidade e emoções de cada um e gerando brincadeiras.

Você adulto, há quanto tempo não pratica o ócio? Experimente.

Isso, neste final de semana, nada de programação, passeio, cinema ou visitas com a criançada! Experimente o ócio em casa ou ao ar livre perto da natureza e logo surgirá a criatividade. A experiência da companhia plena com sua família produzirá momentos incríveis de diversão e convivência.

Quando a brincadeira é livre a autonomia da criança é favorecida. Isso alimenta o seu desenvolvimento integral: físico, intelectual, emocional e social. O protagonismo infantil alimenta-se desse livre brincar.

Posts Relacionados
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Nos siga nas redes sociais!
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square