Espaço para aprender

A organização e a estruturação dos espaços de uma escola de educação infantil diz muito sobre sua concepção pedagógica e sua visão sobre a infância.

A maneira como os ambientes são organizados, como os brinquedos são expostos e o móveis disponibilizados dá indícios e mostra como a escola enxerga a criança.

Consideramos um espaço sadio para o desenvolvimento e aprendizagem aquele no qual a criança possa movimentar-se, explorar, investigar, fazer escolhas e organizar.

O corpo da criança que interage e aprende neste espaço precisa ter liberdade, por isso temos espaços amplos e mobiliário reduzido para garantir o deslocamento e descobertas das crianças. Do mesmo modo que movimenta seu corpo a criança movimenta suas descobertas e aprendizagens.

Na rotina da criança o espaço é um facilitador de atitude autônomas, ações como alcançar e cuidar de seus pertences, usar o banheiro, lavar as mãos, escovar os dentes e deslocar-se pelos ambientes precisam de um ambiente propício para tal e produzem na criança um sentimento de competência de satisfação em cuidar de si mesmo.

Na escola Cirandarte, local onde a criança passa boa parte do seu dia, consideramos que o espaço deve ter marcas infantis produzidas direta ou indiretamente pelos pequenos como referencias dos grupos que ocupam cada espaço, podem ser fotos, desenhos, imagens, objetos e pesquisas que caracterizam a individualidade de cada turma e deixa a marca de uma identidade.

O movimento, a autonomia e a identidade de cada criança se entrelaça nas relações, interações e trocas, que fazem deste espaço um ambiente para crescer e se desenvolver.

Posts Relacionados
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Nos siga nas redes sociais!
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square